Produtores de cana vão se opor a plano de recuperação do Grupo Laginha Agroindustrial
16 de Maio de 2012
A+ A-

Dívidas que superam o valor de R$ 2 milhões, R$ 1 milhão e por aí adiante. Esse é o drama vivido por produtores rurais que acreditaram no mercado sucroalcooleiro na região do Pontal, e que hoje se vêm num verdadeiro dilema e ameaça de ser impedido de prosseguir no negócio. Todos esses produtores tem muito dinheiro a receber do Grupo João Lyra, e depositaram confiança no Grupo, autorizando a realização de um Plano de Recuperação Fiscal feito no ano passado.

 

Em reunião na sede do SIPRI – Sindicato dos Produtores Rurais de Ituiutaba na tarde desta segunda-feira, 14, os produtores alegaram que pouco foi cumprido desse plano de recuperação, e que a atividade está prejudicada e inviabilizada na região, levando alguns produtores à situação de desespero.

 

Para agravar ainda mais a situação, se a Usina não paga o produtor que arrendou as terras, esse também não consegue cumprir com seus compromissos, e começam a ter suas próprias vidas colocadas em dificuldade, pela falta de compromisso do Grupo mandatário das Usinas Triálcool em Canápolis e Vale do Paranaíba em Capinópolis.

 

A reunião teve o intuito de se chegar a uma decisão, tendo em vista que o Grupo Laginha entrou novamente com um pedido na Justiça de Alagoas para um Aditivo ao Plano de Recuperação Judicial, onde fala-se numa grande perca para os produtores.

 

Esses produtores estão assinando um documento de posse dos Sindicatos dos Produtores Rurais de Ituiutaba, Capinópolis e Canápolis, onde se manifestam contrários a esse aditivo, numa resposta drástica à falta de compromisso por parte das empresas do setor.

 

Todos os produtores que tem dinheiro a receber do Grupo João Lyra, que demonstrarem interesse em assinar o documento, devem comparecer até a tarde desta quinta-feira, dia 17, na sede de um desses Sindicatos para assinar o documento.

 

A reunião, contou além da participação de produtores rurais e advogados, teve ainda a presença dos presidentes dos Sindicatos Rurais de Ituiutaba, Romes Gouvêa Bastos, e de Capinópolis, Paulo Henrique Fontoura, e o secretário municipal de Agricultura de Ituiutaba, Denis Andrade.

Veja também

COLUNA SOCIAL
PONTO CULTURAL
VEJA TAMBÉM
ENQUETE
O que você vai fazer com o Décimo Terceiro?